Utilizamos cookies próprios e de terceiros para disponibilizar os nossos serviços e recolher informação estatística. Se continuar a navegar no Site,
aceita a sua instalação e a sua utilização. Pode alterar a configuração ou obter mais informação sobre a nossa política de cookies.
X
BUSCAR
 
border

Cabelo

Com algumas exceções, encontram-se pelos por toda a pele: o cabelo, a barba, os pelos púbicos e o fino e pequeno lanugo. Nas raízes dos pelos, células cutâneas transformadas são convertidas em várias camadas, i.e. pelo/cabelo. Este processo é semelhante ao processo de acumulação da camada córnea. A fase anagénica, ou ativa, refere-se à fase em que o cabelo cresce continuamente. Esta fase dura normalmente até oito anos. A fase catagénica, ou de transição, refere-se ao período de tempo em que a ocorre a interrupção do crescimento de um cabelo antigo e começa o crescimento de um novo cabelo na papila. Este processo dura normalmente duas semanas. A fase telogénica, ou de repouso, é quando o novo cabelo cresce no folículo, enquanto o cabelo antigo ficou inativo. Após aproximadamente três meses desta fase, o novo cabelo vai forçar a saída do cabelo antigo do folículo. O ciclo de vida do cabelo origina a queda de até 100 cabelos todos os dias.

Perda de cabelo

Procedimento normal no ciclo de vida do cabelo. Uma perda diária de 100 cabelos é normal. A perda de cabelo é a diminuição de cabelos no couro cabeludo. O termo médico para perda de cabelo é alopécia. A alopécia pode ser temporária ou permanente. Normalmente, a perda de cabelo ocorre de forma gradual com a idade, tanto em homens como em mulheres, mas tipicamente é mais pronunciada nos homens.

Calvície

Medicamente conhecida como alopécia. Perda total ou parcial do cabelo. Em cada novo ciclo de crescimento do cabelo, nasce menos cabelo ou o cabelo nasce mais fino. No final, será produzido pouco ou nenhum cabelo. As razões para a calvície incluem reações à testosterona ou falta de estrogénio, doenças ou medicação.

Capa granulosa

Capa externa de la epidermis que limita el estrato córneo externo.

Capilar

Minúsculos vasos sanguíneos que ligam as arteríolas (as divisões mais pequenas das artérias) e as vénulas (as divisões mais pequenas das veias). Os capilares formam uma rede fina entre a esclerótica e o tecido adiposo da pele. Alimentam a pele com oxigénio e nutrientes e ajudam na degradação de resíduos gerados durante o metabolismo. Também regulam a temperatura corporal, arrefecendo à superfície o sangue quente que vem do interior do corpo.

Pele de galinha

Uma alteração local temporária na pele, quando fica mais áspera devido à ereção de pequenos músculos, devido ao frio, ao medo ou à excitação.

Caspa

Perturbação da descamação de corneócitos à superfície da pele. Descamação e prurido persistente do couro cabeludo. Nas pessoas com caspa, o processo natural de renovação das células do couro cabeludo é acelerado, ao combater um fungo normal que se encontra na cabeça de todos os seres humanos. Isto faz com que as células mortas se desprendam mais depressa.

Células basais

Células pequenas e redondas, encontradas na parte inferior, ou base, da epiderme, a camada externa da pele.

Celulite

Mutações no tecido conjuntivo que resultam numa aparência rugosa ou com reentrâncias da pele. A celulite quase não responde ao tratamento através de cuidados da pele; no entanto, a massagem que acompanha a aplicação de um creme tem um efeito positivo no desenvolvimento de fibras elásticas, melhorando assim a aparência da pele.

Ceramidas

Lípidos que formam um efeito barreira importante na camada córnea da pele. Incorporados em ácidos gordos e no colesterol, formam uma película de gordura vedante entre as células córneas (corneócitos). Devido ao envelhecimento, a algumas doenças, como a neurodermatite, ou às influências ambientais, o teor de ceramidas desaparece nas camadas membranosas do estrato córneo e a pele fica seca.

Colesterol

O colesterol é um dos principais componentes da função de barreira da pele. A sua fase inicial, sulfato de colesterol, é produzida na epiderme e transformada na camada córnea.

Colagénio

O colagénio é a proteína principal da pele e do tecido conjuntivo. Dá firmeza ao tecido conjuntivo e, juntamente com a elastina, cria elasticidade.

Comedão

O principal sinal da acne, que consiste num folículo piloso alargado cheio de escamas de queratina, bactérias e sebo (óleo). Um comedão pode ser fechado ou aberto. Um comedão fechado tem uma abertura para a pele obstruída e pode rebentar, causando uma pequena reação inflamatória da pele no local. O nome comum para um comedão fechado é ponto branco. Um comedão aberto tem uma abertura ampla para a pele e está coberto por uma massa escurecida de resíduos da pele. É comummente conhecido como ponto negro. Os comedões podem ser parcialmente prevenidos se evitar produtos para a pele gordos.

Corneócitos

Células cutâneas mortas na camada córnea que estão firmemente ligadas na parte inferior. À medida que se aproximam da superfície da pele, as ligações afrouxam gradualmente, e os corneócitos/células córneas são vistos como pequenas células isoladas microscópicas. O corpo humano perde aproximadamente 0,5 g de células córneas diariamente. A dermatite, iniciada por várias causas, perturba a maturação dos corneócitos. Como consequência, soltam-se nódulos da superfície da pele, visíveis a olho nu, com a aparência da caspa.

 
NACH OBEN
border